Prefeitura de Gurupi

Podas de árvores viram combustível para cerâmica em Gurupi

19/05/2017

 

O que antes virava lixo e gerava despesas para os cofres públicos agora é reaproveitado em forma de lenha abastecendo os fornos de uma fábrica de tijolos e telha. É assim que a Prefeitura de Gurupi, por meio da diretoria de Meio Ambiente, está transformando a madeira proveniente da poda de árvores em todo o município. 

 

O Termo de Cooperação, adotado nesta semana, promete render resultados positivos, já que o descarte dos resíduos é feito diretamente no aterro sanitário, ocupando mais áreas. Agora, os troncos e galhos das árvores têm como destinação final a incineração, servindo de combustível, alimentando os fornos de uma cerâmica de Gurupi.

 

"Temos a plena consciência de que a reciclagem e o manejo de resíduos sólidos precisam de uma destinação moderna, ecologicamente correta e de preferência que renda um benefício para a natureza e para a comunidade, por isso, buscamos parceiros e colaboradores e tem dado resultado positivo" - afirma o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira

 

 

Cooperação

 

A viabilidade desse reaproveitamento só foi possível mediante o Termo de Cooperação firmado entre a Prefeitura e a Cerâmica Teto. A prefeitura ficará responsável pelo recolhimento e entrega do material vegetal verde (galhadas, ramos, troncos, folhas e palmeiras) geradas durante a atividade de poda, de segunda a sexta feira, das 8h às 18h e no sábado das 8h as 13h. 

 

A Cerâmica Teto ficara responsável pelo recebimento, tratamento e queima dos resíduos, assim como realizar a cubagem do material a cada remessa recebida. “Temos que ter consciência ambiental e procurar alternativas para melhorar o meio ambiente e o uso mais adequado para esse tipo de material”, finaliza o diretor de políticas públicas Jonas Barros. 

Por Antônio Rodrigues