Prefeitura de Gurupi

Escolas unem paixão pelo futebol e São João

11/06/2018 Lino Vargas/Secom

Comidas típicas, músicas animadas, roupas caipiras, pescarias, bandeirolas, bandeiras do Brasil e bingos foram alguns dos ingredientes das festas juninas das escolas municipais que aconteceram no sábado, 09. A primeira escola a iniciar a festa caipira foi o Instituto Municipal de Educação Infantil Silny Rodrigues dos Santos, que atende 360 crianças do Pré I e Pré II. Quem estava toda animada para dançar era a pequena Fernanda Silva Rodrigues, de 5 anos, que disse estar bonita no vestido que foi ganhando da avó. E quem estava só o orgulho era a mãe Regina da Silva, que não perdia um clique. “Estou corujando minha filha e registrando esse momento para guardá-lo. É muito bom a escola promover esse evento, pois as crianças ficam felizes”, destacou.

 

O pai de Fernanda, Carlos Rodrigues, estava satisfeito, pois a folga no trabalho coincidiu com a festa da filha e deu para prestigiar a pequena. “Esse momento é muito importante, pois ajuda no desenvolvimento das crianças e ficamos encantados com nossos filhos”, enfatizou.

 

Quem estava todo caipirinha também era o Gustavo Alves, de 5 anos, e animadíssimo para dançar. A mãe do menino, Marly Alves, disse que se dedicou na confecção da roupa com muito carinho porque esse momento é importante para ele.

 

A diretora do Silny Rodrigues dos Santos, Glória Silva, comentou que toda a comunidade escolar participa e as crianças ficam animadíssimas nesse momento de interação. “É também um momento em que as famílias vêm para a escola e interage conosco”, comentou.

 

O secretário Municipal de Educação, Eurípedes Fernandes, prestigiou as festas juninas e parabenizou a participação da família e destacou que esses eventos reforçam essa convivência escola/família. “Ficamos bastante felizes em ver as crianças animadas e a interação entre escola e pais”, destacou.

 

Às vésperas da Copa Mundial de Futebol, o tema foi lembrando pela Escola Municipal Orlindo Pereira da Mota, em que os alunos com roupas das cores da bandeira brasileira apresentaram a quadrilha com música que também lembra o mundial.

 

A diretora Benta Vila Nova, destacou que a festa junina é uma das mais populares da cultura brasileira e mantê-la viva é necessário.

 

A professora Darlene dos Santos, quem pensou em fazer a homenagem à Copa disse que como o futebol é a paixão nacional não podia deixar passar em branco. Segundo ela, os alunos ficaram bastante animados com o tema e quiseram participar efetivamente.

 

Quem mostrou muita cor e descontração foram os alunos e equipe da Escola Municipal Agripino de Sousa Galvão, que atende a 257 alunos do Pré I aos 5º ano. Os alunos antes da quadrilha, aproveitaram para pescar diversos brindes.  O tema da Copa também estava presente.

 

A diretora, Dinausa Narciso, comentou que essa festividade faz parte do Projeto Político Pedagógico e todos os anos tanto os alunos como os familiares já esperam essa festa. “A nossa equipe escolar trabalha com muita união e amor para oferecer esse momento aos nossos alunos”, disse.

 

Dinausa explanou que antes das festividades os professores trabalharam em sala de aula os temas da Festa de São João, com produção de texto explicando o valor dessa festa, o significado de cada brincadeira, comida e lendas. “É um evento de valorização da cultura popular brasileira, não é apenas festa, vai além, pois aproveitamos para reforçar os valores culturais”, explicou.

 

As Escolas Dr. Ulisses Guimarães, Professor Valnir de Souza Galvão, Vila Nova, Lenival Correia, e os Centros Municipais de Educação Infantil, Oneide de Souza Coelho e Tânia Scotta, também realizaram a festa. Nesta terça-feira, 12, haverá quadrilhas na Escola, Elizeu de Carvalho e na Creche Irmã Dulce. Na sexta-feira, 15, as Escolas Antônio Lino de Sousa, Antônio de Almeida Veras e a Associação Berçário Espírita Maria de Nazaré  promoverão a festa de São João. No sábado, 16h, é a vez da Escola Professor Joel Ferreira Soares. 

 

Heliana Oliveira/Secom